sábado, 29 de março de 2014

BRASIL: RJ: ITABORAÍ: 
 Teatro João Caetano - 
 João Caetano Theater

1 – Localização: 
       Município de Itaboraí, 1º. Distrito, Centro. Praça Marechal Floriano Peixoto, 200 (-22° 44' 43.61", -42° 51' 35.55")
2 – Histórico: 
          Em 1824 o Coronel João Hilário de Menezes Drummond construiu a Casa de Ópera de Itaboraí perto da Igreja do Bonfim. Em 1827 o itaboraiense João Caetano dos Santos estreava a peça O carpinteiro da Livônia. Posteriormente um novo teatro foi erguido e em 1863 recebeu o nome de João Caetano. O teatro tinha entre os frequentadores membros da Corte, como a princesa Isabel, e famílias abastadas da região, tendo seu período áureo no século XIX.
           O teatro sofreu algumas mudanças e adaptações, primeiramente em 1924, no seu interior, e de fachada em diversas outras ocasiões passando, também, a ser palco de grandes eventos de gala, como os concursos de misses e os célebres bailes de carnaval. Em 1927 sofreu nova reforma. Na década de 1960 a Prefeitura inicia nove reforma, que se mostra incompleta, ficando o edifício sem telhamento, o que levou à sua deterioração. Em 1974, após períodos de abandono e descaso, e, já em ruínas, teve o restante de suas paredes demolidas. Em 1983 o então prefeito João Baptista Caffaro promove a sua reconstrução com uma nova fachada, que é a atual. Nesta obra não foram reconstruídos os dois lances de camarotes que compunham o prédio original, mas, mesmo assim, o teatro tem 200 lugares na plateia. No entanto, as obras nunca foram concluídas, faltando ainda os equipamentos adequados, tratamento acústico, climatização, além de alguns aspectos arquitetônicos até hoje indefinidos.
3 – Descrição: 
       Apresenta orientação geral oeste-leste, com frente virada para o leste, em direção à praça Marechal Floriano, com maior eixo no sentido ântero-posterior. O telhamento é em telhas em duas águas. A edificação tem dois andares. No primeiro andar há três portas centrais e uma janela em guilhotina de cada lado mais exteriormente, todas de arco abatido e com sobreverga. No segundo andar há, também na parte central três portas em arco abatido e com sobreverga que dão cada uma para uma pequena sacada com gradil metálico. Mais exteriormente há uma varanda, com gradil metálico e abertura em arco abatido. Há quatro cunhais separando as portas centrais e outro em cada extremidade do edifício. No alto há uma inscrição com o nome do teatro. O edifício termina com uma platibanda, mais alta na parte central. O lado direito não possui nada de significativo. O lado esquerdo situa-se em uma rua com declive importante em direção à região posterior. Na parte anterior do segundo andar há a abertura da varanda da fachada anterior em arco abatido, com gradil metálico; há no primeiro andar três portas em arco abatido e com sobreverga, na parte mais posterior, no entanto elas estão em níveis diferentes devido ao declive da rua, sendo a central acessível através de uma rampa. Na parede direita há cinco cunhais. A parede posterior está parcialmente coberta por outros imóveis e nada se destaca na mesma. A parte traseira da edificação é um pouco mais alta que o resto.
4 – Visitação:
            Tel: 3639-2293
5 – Bibliografia:
REZNIK, L. et al. Patrimônio cultural no leste fluminense: história e memória de Itaboraí, Rio Bonito, Cachoeiras de Macacu, Guapimirim, Tanguá. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2013.

Theater of João Caetano: Brazil, State of Rio de Janeiro, City of itaboraí
        In 1824 Colonel João Hilario de Menezes Drummond built the Opera House of Itaboraí near the Church of Bonfim. Subsequently, a new theater was erected in 1863 and named after the famous playwright João Caetano. Between the theater goers were members of the Court, as Princess Elizabeth, and wealthy families in the region, having its heyday in the nineteenth century. The theater has undergone some changes and adaptations, first in 1924, in its interior, and facade on several other occasions. In the 1960s the City started its reform, which shows incomplete, leaving the building without ceiling, which led to its deterioration. The building entered in ruins and, in 1974, the remainder of its walls were demolished. In 1983 the Mayor John the Baptist Caffaro promoted its reconstruction with a new facade, which is the current.
Imagem Google Earth
Imagem Google Earth. Centro Histórico
Imagem Google Earth. Centro Histórico. Detalhe
Vista satélite google
Em frente o Teatro João Caetano. A 2a. casa à direita é a Casa de Cultura Heloísa Alberto Torres. Observe que a fachada do teatro era bem diferente da atual. As janelas eram de verga reta e não curva e as portas eram em arco pleno.
A fachada era mais baixa e a platibanda era reta e se podia ver o telhado por trás da fachada.
Teatro João caetano, 1922. Observe a diferença na fachada


Teatro João caetano, 1956. Observe a nova fachada
Teatro João caetano, 1956. Detalhe da fachada do segundo andar

Frente e lado direito. Foto mais recente que a anterior, assemelhando-se o
teatro bem mais com o atual. Repare que aqui a varanda do segundo andar
do lado direito também possui uma janela para a fachada lateral e se pode
ver o telhado. Vê-se, também que a balaustrada do segundo andar é diferente
 do  gradil atual. A foto deve ser anterior à demolição de 1974
Frente (foto do autor) 
Frente (foto do autor)
Frente e lado esquerdo (foto do autor)
Lado esquerdo. Observe o desnível da rua (foto do autor)
Lado esquerdo (foto do autor)
Lado esquerdo (foto do autor)
Lado esquerdo (foto do autor)
Lado direito (foto do autor)
Fundos (foto do autor)