segunda-feira, 18 de maio de 2015

BRASIL: RJ: RIO DE JANEIRO: 
Museu Naval - 
Naval Museum

1 – Localização:
       Município do Rio de Janeiro. Ap 1.0. Centro. Rua Don Manoel, no 15 (-22.903797, -43.173033).
2 – Histórico:
        O prédio da Rua Don Manoel foi construído em 1868 para servir de sede ao Clube Naval, criado pelo então Capitão-de-Fragata Luiz Philippe de Saldanha da Gama em 12 de abril de 1884. Clube Naval foi transferido em 1910 para o novo prédio da Avenida Rio Branco. Posteriormente, o edifício abrigou a Escola Naval de Guerra, a Auditoria, a Biblioteca da Marinha, o Almirantado, a Revista Marítima e depois o Foro Criminal. A partir de 1972, suas dependências foram destinadas à guarda do acervo do Museu da Marinha criado por Decreto Imperial de 14 de março de 1868 e inaugurado em 25 de março de 1884. O Museu foi transferido para sua atual localização na Rua Don Manoel em 1972.          Após uma fase de obras e de reformas no prédio, foi preparado um novo circuito expositivo, aberto ao público em 28 de setembro de 2006. O Museu Naval é uma instituição pública federal vinculada à Diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha (DPHDM), órgão criado em julho de 2008 com o fim de centralizar a gestão das missões da Diretoria do Patrimônio Histórico e Cultural da Marinha (DPHCM) e do Serviço de Documentação da Marinha (SDM). Ele tinha 7 seções: a 1ª era de quadros a óleo e gravuras (cenas históricas, navios famosos, retratos); a 2ª de modelos de navios; a 3ª de bandeiras históricas; a 4ª e 5ª de relicários de artilharia, projéteis, couraças e torpedos; e de armamento portátil; a 6ª figuras de proa, rodas de leme, recordações materiais de navios célebres; a 7ª de medalhas militares e comemorativas. Atualmente as sete salas do andar térreo são ocupadas por uma exposição permanente onde estão expostas maquetes navais, canhões resgatados de navios naufragados, figuras de proa e medalhas, tendo como um dos destaques a carta do militar francês Nicolas Durand de Villegagnon, datada de 1557, na qual se descreve a Baía de Guanabara. No vão central do Pátio d'Armas destaca-se o móbile “Aves dos Mares do Brasil” formado por 52 aves representativas das 12 espécies que sobrevoam os mares do Brasil. No chão, o visitante pode observar uma mina utilizada na Segunda Guerra Mundial e um torpedo B-57 de 1894.  
3 – Descrição:
        O edifício tem uma forma retangular, com os cantos truncados, com orientação geral norte-noroeste – sul-sudeste e frente virada para sul-sudeste, na Rua Don Manoel. Ele foi construído em estilo eclético. O edifício tem 3 andares. Na fachada anterior, no 1º andar, há 3 portas centrais em arco e 3 janelas em arco de cada lado das portas; entre cada uma das portas e nos cantos externos há cunhais, que se extendem por todos os andares do edifício. Em cima da porta central, mais larga, há um conjunto escultórico em alto relevo com duas figuras de criança e decorações de temas navais, como âncoras. Separando cada andar corre uma cornija. No segundo e 3º andar há 9 janelas retangulares com sobreverga decorada com motivos florais. No alto do edifício há uma platibanda com um pequeno frontão triangular com decoração naval encima da mesma. As fachadas laterais e posteriores seguem o padrão da fachada anterior, só que nas laterais há 10 janelas em cada andar, mas uma em cada canto truncado e na fachada posterior são, também, 9 janelas, a não ser no 1º andar em que são 8 janelas e uma porta central; na fachada posterior também há um pequeno frontão triangular acima da platibanda. Em cada um dos 4 cantos, na platibanda, há um triângulo decorado com temas náuticos.
4 – Vistação:
Telefone: (21) 2104-5506 e 2104-6691. Horário: Terça a domingo, das 12 às 17 horas. Entrada Gratuita
5 – Bibliografia:
GERSON, Brasil. História das Ruas do Rio, Rio de Janeiro: Editora Lacerda, 5ª. ed., 2000.

Naval Museum: Brazil, State of Rio de Janeiro, Municipality of Rio de Janeiro, downtown
         The building was constructed in 1868 to house the naval Club, but later it housed many naval departaments, including the Admiralty. In 1972 it started to house the Naval Museum.
Vista de satélite, antes da demolição do Viaduto da Perimetral. 1. Palácio da Justiça; 2. EMERJ 3. Museu Naval; 4. Igreja de São José; 5. Palácio Tiradentes (Local da antiga Casa de Câmara e Cadeia); 6. Paço Imperial; 7. Convento do Carmo; 8. Antiga Catedral Imperial; 9. Arco dos Teles; 10. Local da antiga Secretaria do Ministério da Viação e Obras; 11. Local do antigo Hotel Pharoux; 12. Estação das barcas;13. Local do antigo Mercado Municipal
Mapa do bairro da Misericórdia, 1895. Vê-se as áreas do aterro. A Procuradoria
esta assinalado como Caixa Econômica, e a sua esquerda o Museu Naval.Onde
se lê Arsenal é o Museu Histórico Nacional
Parte do mapa do Centro do Rio, 1906. Vê-se no centro o Morro de Santo Antônio, à direita o Morro do Castelo, e na extrema direita a Ponta do Calabouço com o Arsenal de Guerra e o Forte São Thiago. Delá saía em diagonal a extinta Rua da Misericórdia, indo até a Praça XV (Largo do Paço). no litoral na parte sul há uma área quadrada escura, o Mercado Municipal e logo ao norte o Hotel Pharoux.
Museu naval, vista satélite google
Região da Misericórdia, 1900. À sudoeste uma das torres e parte do Mercado 
Municipal. No centro, no mesmo alinhamento, vários edifícios, sendo o mais
esquerdo o Hotel Pharoux. Atrás há oa EMERJ, o Museu Naval e o Ministério 
da Viação (em forma de H). Atrás dele a Casa de Câmara e Cadeia e a sua
direita parte do Paço Imperial.

Frente e lado esquerdo, 1900
Rua da Misericórdia, 1884-1939. À direita vê-se o prédio da antiga Procuradoria
Geral do RJ (EMERJ), o Museu Naval e o antigo Ministério da Indústria e Viação
Região da Misericórdia, 1922. Em primeiro plano o Paço Imperial e depois a
Casa de Câmara e Cadeia e a sua esquerda o Ministério da Viação em forma
de H e depois a Estação das Barcas. Na próxima fileira a Igreja de São José
e depois o Museu Naval e a  a EMERJ. Ao fundo o Mercado Municipal. Mais
ao fundo a torre do Pavilhão de Festas. À nordeste o Morro do Castelo com a
Igreja dos Jesuitas
Vista aérea da Região da Misericórdia, anos 1930. Pavilhão  de Caça e Pesca
e depois o Pavilhão da Estatística (Saúde dos Portos) e atrás o Pavilhão dos
Estados. Depois o Mercado Municipal. Atrás dele o Palácio da Justiça, EMERJ
e Museu  Naval. Depois o Ministério da Viação e atrás o Palácio Tiradentes
Vista aérea da Região da Misericórdia, anos 1950. À esquerda o Mercado
Municipal, depois o Palácio da Justiça, EMERJ e Museu Naval. Depois o
Ministério da Viação e atrás o Palácio Tiradentes


Mercado Municipal, 1961. Observe o viaduto da Perimetral cruzando o mercado
e à esquerda, o Palácio da Justiça, EMERJ e Museu Naval
Mercado Municipal, 1961. Observe o viaduto da Perimetral cruzando o mercado
e à esquerda, o Palácio da Justiça, EMERJ e Museu Naval. Atrás vê-se a cúpula do
Palácio Tiradentes
Trecho entre Rua São José e Erasmo Braga, 1963. Em frente a Igreja de São José.
À sua esquerda o Palácio Tiradentes e atrás a Estação das barcas. Atrás do edifício
alto, a 
EMERJ e Museu Naval; atrás a torre do restaurante Albamar

Trecho entre Rua São José e Erasmo Braga, 1963. Em frente a Igreja de São José.
À sua esquerda o Palácio Tiradentes e atrás a Estação das barcas. Atrás do edifício
alto, a 
EMERJ e Museu Naval; atrás a torre do restaurante Albamar

Frente (foto do autor)
Frente (foto do autor)
Frente (foto do autor)
Frente (foto do autor)

Frente (foto do autor)
Frente (foto do autor)
Frente (foto do autor)
Frente (foto do autor)

Frente. Observe a decoração naval sobre a porta (foto do autor)
Frente. Observe a decoração naval sobre a
 porta (foto do autor)
Frente. Observe a decoração naval no topo (foto do autor)
Frente (foto do autor)
Canto direito (foto do autor)
Canto direito (foto do autor)

Frente e lado direito (foto do autor)

Frente e canto direito (foto do autor)
À esquerda o Museu Naval (frente) e à direita a antiga Procuradoria Geral
 (foto do autor)
Lado direito (foto do autor)
Lado direito (foto do autor)
Lado direito (foto do autor)

Canto e lado esquerdos (foto do autor)

Canto esquerdo (foto do autor)
Lado esquerdo (foto do autor)
Lado esquerdo (foto do autor)
Fundos (foto do autor)
Fundos (foto do autor)
Fundos (foto do autor)
Fundos (foto do autor)

Interior. Saguão de entrada, olhando desde a entrada (foto do autor)
Interior. Saguão de entrada, olhando desde a
 entrada (foto do autor)

Interior. Saguão de entrada, olhando desde a  entrada
Interior. Escada do 2o andar (foto do autor)
Interior. Pátio Central (foto do autor)
Interior. Pátio Central (foto do autor)
Interior. Pátio Central (foto do autor)
Interior. Pátio Central (foto do autor)
Interior. Pátio Central. O vidro no chão é onde
 fica o torpedo (foto do autor)

Interior. Pátio Central. Torpedo antigo
colocado sob o piso (foto do autor)
Interior
Interior