segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

BRASIL: RJ: RIO DE JANEIRO:
Antigo Ministério da Fazenda
(Superintendência da Receita Federal ) - 
Ancient Ministry of Economy
(Departament of Treasure)

1 – Localização:
          Município do Rio de Janeiro. Ap 1.0. Centro. Castelo. Avenida Presidente Antônio Carlos, nº 375 (-22.907891, -43.173421)
2 – Histórico:
          Como o Ministério da Fazenda funcionava em um velho casarão, quase em ruínas, localizado na Avenida Passos, em julho de 1934 foi autorizada a construção de um novo edifício para sediar o Ministério, centralizando todas as repartições do Ministério da Fazenda e Tribunal de Contas, na antiga capital brasileira. O local escolhido foi a Esplanada do Castelo, criada com a demolição do Morro do Castelo, em um terreno permutado com a prefeitura do antigo Distrito Federal. O terreno ocupava uma enorme quadra no Centro da cidade, tendo como limites as ruas Debret (oeste), Araújo Porto Alegre (sul), Avenida Almirante Barroso (norte) e Avenida Presidente Antônio Carlos (leste – frente). O edifício do antigo Ministério da Fazenda foi projetado e construído entre 1937 e 1943, pelo engenheiro Ary Fontoura de Azambuja. O lançamento da pedra fundamental ocorreu em 3 de outubro de 1938, data escolhida em comemoração ao 8º aniversário da Revolução de 1930, sendo o ato presidido pelo então presidente da República Getúlio Vargas. Construído, em estilo art-déco com pórtico eclético em estilo neo-clássico, o estilo foi um reflexo da decisão pessoal do então ministro da Fazenda Artur de Souza Costa durante a escolha do projeto arquitetônico. A construção do edifício foi coordenada por uma comissão de engenheiros, arquitetos e desenhistas sob a direção do engenheiro Ary Fontoura de Azambuja. O edifício foi inaugurado em outubro de 1943. Sua arquitetura monumental procurava demonstrar a riqueza do Estado Novo. Com a ida da capital para Brasília no início dos anos 1960, o edifício passou a abrigar agências bancárias e a Superintendência da Receita Federal. Mesmo perdendo a condição de ministério, as enormes e valiosas placas com a inscrição Ministério da Fazenda foram mantidas.
3 – Descrição
          O prédio tem uma orientação geral leste-nordeste – oeste-sudoeste, com formato retangular na base e maior eixo transverso; a frente situa-se na direção leste-nordeste. Os dois primeiros andares formam um quadrado com uma entrada monumental na frente. Acima ficam 5 seções elevadas, uma formando a fachada anterior e 4 seções transversais paralelas a esta, sendo que duas destas formam os lados norte e sul, que se projetam um pouco na fachada anterior. O monumental prédio foi construído em 85 mil metros quadrados. Na fachada anterior há um pórtico principal, construído em mármore brasileiro. Nele há uma enorme escadaria monumental, que termina em uma plataforma onde se situam 10 colunas dóricas acaneladas e sem base, de 9,5m de altura; em cada extremidade há mais uma meia coluna presa à parede lateral, totalizando 12 colunas. Na escadaria monumental há 3 bases com brasões da República na frente e tendo no alto, cada um, um lampadário com requintado pilar. Em cada lateral há um gigantesco tocheiro de bronze e no interior do pórtico, em cada extremo, há um vaso de granito que pesa cerca de 10 toneladas. No fundo do pórtico, no vão entre as colunas há um conjunto de magníficas portas de metal artisticamente trabalhadas. No alto do pórtico fica um conjunto de 33 métopas douradas, havendo entre elas tríglifos com gotae. As métopas representavam as principais fontes de renda do país e foram feitas pelo escultor Humberto Cozzo. As 16 métopas do lado esquerdo representavam as forças naturais; as outras 16 métopas correspondentes à parte direita as forças espirituais, industriais e comerciais. A métopa central traz cinco jovens ajoelhados à frente da escultura da Vitória de Samotrácia. Há, também, uma outra entrada no lado sul, norte e oeste (fundos). Logo após o pórtico de entrada há um vasto salão. O edifício possui 4.905 portas e 16 elevadores e abriga o Museu da Fazenda Federal e um salão em estilo Luis VI, com lustre de prata e cristal.
4 – Visitação:
Telefone: (21) 3805-2000. Visitas monitoradas de seg à sex, das 10h às 16h
5 – Bibliografia
http://mapadecultura.rj.gov.br/manchete/antiga-sede-do-ministerio-da-fazenda

Ancient Ministry of Economy (Departament of Treasure): Brazil, State of Rio de Janeiro, City of Rio de Janeiro, Downtown
            It was constructed from 1937 to 1943 to house the Ministry of Economy. It has a monumental façade in neoclassic style, with lavish use of marmor and bas-reliefs in the metopes. Since the change of brazilian capital to Brasilia, it has been housing the departament of Treasure.
Mapa satélite google

Ministério da Fazenda. Construção, 1937
Ministério da Fazenda, 1940. Observe o monumento na frente que já não mais
existe.
Ministério da Fazenda, 1943. Getúlio Vargas no alto do prédio
Ministério da Fazenda, 1944. Em primeiro plano o antigo Ministério do Trabalho
Ministério da Fazenda. Fundos e lado esquerdo, década de 1940
Ministério da Fazenda. Fundos, anos 1950

Ministério da Fazenda. Frente e lado direito
Ministério da Fazenda. Frente. Observe o espelho d'água que não mais existe
Ministério da Fazenda. Frente (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente. Observe as métopes e colunas (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente. Observe as métopes e colunas (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente. Observe as métopes e colunas (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente. Observe as métopes (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente. Observe
 as métopes e colunas (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente. Pórtico. Observe as métopes e colunas
(foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente. Pórtico. Observe as métopes e colunas
(foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente. Pórtico. Observe as métopes e colunas
(foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente. Pórtico. Observe as colunas, os brasões da
República e os lampadários (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente. Pórtico.
Observe torcheiro (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente. Pórtico. Observe as portas monumentais e o vaso
 (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente. Pórtico. Observe
o vaso (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente. Pórtico.
Observe o vaso (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Frente (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Lado esquerdo
 (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Lado esquerdo
 (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Lado esquerdo.
Observe a porta (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Lado esquerdo
 (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Lado esquerdo (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Lado direito (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Lado direito
 (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Lado direito
(foto do autor)
Ministério da Fazenda. Fundos (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Fundos (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Fundos. Observe 3 das 4 seções transversas (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Fundos. Porta (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Fundos. Porta
 (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Fundos (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Fundos (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Fundos (foto do autor)
Ministério da Fazenda. Saguão de entrada, ainda em obras
Ministério da Fazenda. Saguão de entrada. Observe a rica decoração
Ministério da Fazenda. Escadaria interior
Ministério da Fazenda. Escadaria interior